Baywatch, o filme que os críticos deixam a morrer na praia

O filme estreia-se nesta quinta-feira em Portugal.

Foto
A nova versão conta com Alexandra Daddario, Kelly Rohrbach, Priyanka Chopra e Seth Gordon DR

Pamela Anderson, um fato de banho vermelho alaranjado, orla da praia. Em Baywatch (Marés Vivas), o eterno retorno tinha este aspecto estival. Foi uma das séries mais vistas na história da televisão e apresentava-se com um genérico que ficou na retina de milhões de espectadores (além de Pamela, surgiam no areal Yasmine Bleeth, Carmen Electra, David Hasselhoff, David Chokachi...) pela nota dramática: acontecia tudo em câmara lenta.

Agora, quase três décadas após a estreia da série, chega às salas de cinema Baywatch, o filme — e nem a câmara lenta o está ajudar com as críticas. “Os críticos destruíram o Baywatch e, na verdade, assisti ao filme rodeado de fãs que não me pareceu terem gostado do filme muito mais do que eu. Ocasionalmente, olhava para trás para ver se o público estava a rir ou pelo menos se vagamente sorriam, o que é uma das razões pelas quais eu costumo escolher ver o filme no meio de uma selecção de fãs. O que aconteceu foi que Baywatch fez muito menos do que todos esperávamos nas bilheteiras deste fim-de-semana”, afirma Scott Mendelson, crítico da revista Forbes.

A página Rotten Tomatoes, conhecida pelas críticas a filmes, apenas atribui 19% na avaliação ao filme e afirma que este remake “carece do charme da versão original”. O crítico Simran Hans do jornal Guardian atribui duas estrelas, em cinco, à obra cinematográfica e afirma que no filme “não há ondas, só afogamentos”. O site que agrega informação e críticas sobre o mundo do cinema, o IMDB, atribui uma avaliação de 5,8, em dez, à comédia americana.

Nem os fatos de banho vermelhos fizeram subir a avaliação de Baywatch. Owen Gleiberman escreve na Variety que o filme é “uma paródia, estúpida e divertida, que só poderia ser feita nos dias de hoje: uma adaptação agressiva e ‘obscena’, agressiva e ‘competente’ de uma série televisiva com 25 anos que consegue remontar todos os aspectos da série, excepto provavelmente a razão pela qual foi popular”.

Na estreia nos EUA, Baywatch (o filme) não foi um sucesso de bilheteira. Apesar de contar com duas populares estrelas de Hollywood – Dwayne “The Rock” Johnson e Zac Efron, a longa-metragem ficou aquém do esperado. O filme, produzido pela Paramount, totalizou apenas 16 milhões de euros na venda de ingressos, tendo-se ficado, aliás, pelo terceiro lugar do pódio, atrás do filme da Disney/Marvel Guardiões da Galáxia Vol.2.

A nova versão conta com outros nomes sonantes, como Alexandra Daddario, Kelly Rohrbach, Priyanka Chopra e Seth Gordon. Também Pamela Anderson e David Hasselhoff, protagonistas originais da série, voltam à praia para participações especiais.

A série original chegou a ser cancelada logo na primeira temporada mas Hasselhoff, o líder dos nadadores-salvadores ficcionais, acreditou que havia razões para apostar na produção e assumiu, a par do seu papel de actor, o cargo de produtor executivo.

Quem é quem — da série para o filme

  • Pamela Anderson é substituída por Kelly Rohrbach
  • Matt Brody agora é Zac Efron
  • Summer Quin surge representada por Alexandra Daddario
  • Mitch Buchannon é Dwayne Johnson
  • Stephanie Holden passa a bóia a Ilfenesh Hadera
  • Garner Ellerbee é representado por Yahya Abdul-Mateen II