Helicóptero de combate a incêndios caiu sem fazer vítimas

Aparelho caiu na barragem enquanto se abastecia de água para um incêndio em Alijó. O piloto escapou ileso.

Foto
O helicóptero caiu sem que houvesse feridos registados Rui Farinha | NFactos/ARQUIVO

Um dos seis meios aéreos que combatem um incêndio que lavra desde as duas da manhã de domingo, no concelho de Alijó, distrito de Vila Real, caiu na tarde deste domingo. Trata-se de um helicóptero e o piloto “está bem”, segundo informou fonte da Protecção Civil.

O comandante distrital de operações de socorro de Vila Real confirmou a queda do aparelho, que aconteceu quando efectuava testes de balde numa barragem, antes de iniciar o combate ao fogo em Vila Chã.

Segundo o comandante Álvaro Ribeiro, o piloto do helicóptero “está bem”. Ao início da tarde, o fogo tinha sido dado como dominado, mas registou, entretanto, uma reactivação.

Às 16h, segundo a Autoridade Nacional da Protecção Civil, encontravam-se no terreno 154 bombeiros, 41 viaturas e seis meios aéreos. O alerta foi dado à 1h55 de domingo e o fogo chegou a avançar em três frentes.

O Comandante Distrital de Operações de Socorro de Vila Real disse à Lusa que estavam a ser utilizados dois helicópteros para combater o incêndio nas zonas de difícil acesso aos meios terrestres. 

Sugerir correcção