Falso alarme gera pânico e causa cinco feridos graves em Turim

Milhares de adeptos da Juventus estavam reunidos na cidade de Turim, em Itália, para assistir à final da Champions.

Fotogaleria
LUSA/ALESSANDRO DI MARCO
Fotogaleria
Reuters/GIORGIO PEROTTINO
Fotogaleria
LUSA/BRIAN SCHULZ
Fotogaleria
LUSA/BRIAN SCHULZ
Fotogaleria
LUSA/BRIAN SCHULZ
Fotogaleria
LUSA/BRIAN SCHULZ
Fotogaleria
Reuters/GIORGIO PEROTTINO
Fotogaleria
Reuters/GIORGIO PEROTTINO
Fotogaleria
Reuters/GIORGIO PEROTTINO
Fotogaleria
Reuters/GIORGIO PEROTTINO

Cinco pessoas ficaram feridas com gravidade e cerca de 400 sofreram ferimentos leves no sábado na sequência de uma debandada provocada por um falso alarme, enquanto assistiam à final da Liga dos Campeões de futebol em Turim.

Milhares de adeptos tinham-se reunido na Piazza San Carlo, em Turim, para assistir à final da Liga dos Campeões entre a Juventus e o Real Madrid através de ecrãs gigantes, quando o rumor de uma possível explosão gerou uma onda de pânico.

“Ouvimos um estrondo e toda a gente começou a correr. Começámos a ouvir gritos e a determinada altura milhares de pessoas começaram a fugir da praça em que estávamos”, conta uma testemunha ao jornal italiano. “Parecia uma bomba”, acrescenta. Um vídeo mostra o momento exacto em que as pessoas começaram a fugir com receio de que se tratasse de um engenho explosivo. 

Apesar do receio de um possível atentado terrorista, a agência noticiosa italiana ANSA garante que nada passou de um “falso alarme”.

De acordo com a Associated Press, várias ambulâncias e viaturas de bombeiros foram deslocadas para a zona. Vídeos partilhados nas redes sociais mostram algumas pessoas feridas e a fugir em pânico.

O suposto estrondo poderá ter sido causado por um petardo ou pela queda de uma estrutura num parque de estacionamento subterrâneo, mas ainda não houve qualquer confirmação oficial do que terá causado o incidente. Há fotografias de várias pessoas feridas, mas não é para já possível identificar a origem dos ferimentos. 

O falso alarme terá sido dado pelas 20h15, sendo que a polícia e os bombeiros estão de momento a tentar dispersar os últimos adeptos que se encontram no local depois da debandada. O Real Madrid conquistou neste sábado a sua 12.ª Liga dos Campeões, ao vencer a Juventus, por 4-1, num encontro disputado em Cardiff e no qual Cristiano Ronaldo marcou dois golos, bisando aos 20 e 64 minutos. Com este triunfo, o Real Madrid tornou-se na primeira equipa a conquistar a prova em dois anos consecutivos desde que a prova se passou a chamar Liga dos Campeões, em 1992/93. com Lusa