Repetentes e desafiantes no sorteio da Champions

As meias-finais da Liga dos Campeões ficam definidas. José Mourinho conhece adversário na Liga Europa

LUSA/JUANJO MARTIN
Foto
LUSA/JUANJO MARTIN

Pela primeira vez desde 2003, não há equipas inglesas ou alemãs nas meias-finais da Liga dos Campeões. As que restavam na prova caíram nos quartos-de-final: Bayern Munique e Borussia Dortmund foram afastados por Real Madrid e Mónaco, respectivamente, enquanto o Leicester City caiu perante o Atlético de Madrid. Após derrubar o Barcelona, a Juventus também conquistou um lugar no sorteio que se realiza hoje às 12h (menos uma hora em Portugal) em Nyon, na Suíça.

Real Madrid e Atlético de Madrid são repetentes nesta fase da competição – os “merengues”, que estabeleceram um recorde ao chegarem às “meias” pela sétima vez consecutiva, até são os detentores do título. Mas o sorteio não terá facilidades para ninguém. A Juventus, que está nas meias-finais da Champions pela segunda vez em três épocas, mostrou credenciais para deixar de fora Messi e companhia. E o Mónaco, que atinge esta etapa pela quarta vez (a primeira desde 2003-04, quando chegou à final e perdeu com o FC Porto) tem mostrado algum do futebol mais entusiasmante do torneio.

Entre os possíveis duelos nas meias-finais, um confronto entre Atlético de Madrid e Mónaco seria inédito nas competições europeias. Já uma eliminatória entre Real Madrid e Juventus seria a repetição de um confronto que já aconteceu 18 vezes nas provas da UEFA – nomeadamente em 2002-03 e 2014-15, as duas últimas ocasiões em que os italianos chegaram às meias-finais da Liga dos Campeões. Em ambas as vezes a Juventus seguiu em frente, mas perdeu na final.

Uma hora depois do sorteio da Champions ficará também definido o alinhamento das meias-finais da Liga Europa. O Manchester United de José Mourinho, obrigado a prolongamento para afastar o Anderlecht, terá como adversário uma equipa do lote composto por Celta de Vigo, Ajax e Lyon.