O dia em que nasceu uma ideia de Europa

Paul-Henri Spaak, à esquerda, e Joseph Bech, de chapéu, na chegada ao aeroporto Ciampino em Roma DR/União Europeia
Fotogaleria
Paul-Henri Spaak, à esquerda, e Joseph Bech, de chapéu, na chegada ao aeroporto Ciampino em Roma DR/União Europeia

A 25 de Março de 1957, seis países europeus assinaram os tratados de Roma, que instituíram a Comunidade Económica Europeia (CEE) e a Comunidade Europeia da Energia Atómica. Nascia nesse dia um projecto europeu que desembocou na actual União Europeia. Imagens desse dia histórico.

Umberto Tupini, presidente da câmara de Roma, dirigindo-se aos delegados de seis países europeus (França, Alemanha, Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo)
Umberto Tupini, presidente da câmara de Roma, dirigindo-se aos delegados de seis países europeus (França, Alemanha, Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo) DR/União Europeia
Multidão em frente ao edifício da Câmara Municipal de Roma durante a assinatura do tratado
Multidão em frente ao edifício da Câmara Municipal de Roma durante a assinatura do tratado DR/União Europeia
Delegados dos seis países europeus durante a cerimónia de assinatura do tratado
Delegados dos seis países europeus durante a cerimónia de assinatura do tratado DR/União Europeia
Sentados da esquerda para a direita: Paul-Henri Spaak, Jean-Charles Snoy et d’Oppuers, Christian Pineau, Maurice Faure, Konrad Adenauer, Walter Hallstein e Antonio Segni, representando a Bélgica, França, Alemanha e Itália
Sentados da esquerda para a direita: Paul-Henri Spaak, Jean-Charles Snoy et d’Oppuers, Christian Pineau, Maurice Faure, Konrad Adenauer, Walter Hallstein e Antonio Segni, representando a Bélgica, França, Alemanha e Itália DR/União Europeia
Maurice Faure, no meio, à esquerda, apertando a mão a Walter Hallstein na presença de Paul Henri Spaak, à esquerda, e Joseph Luns (de costas para a câmara) e Joseph Bech a ter uma conversa informal à direita
Maurice Faure, no meio, à esquerda, apertando a mão a Walter Hallstein na presença de Paul Henri Spaak, à esquerda, e Joseph Luns (de costas para a câmara) e Joseph Bech a ter uma conversa informal à direita DR/União Europeia
Signatários dos tratados reunidos no jardim da embaixada da Bélgica em Roma, observando um poster que assinalava o evento
Signatários dos tratados reunidos no jardim da embaixada da Bélgica em Roma, observando um poster que assinalava o evento DR/União Europeia
Ao centro, da esquerda para a direita: Antonio Segni e Konrad Adenauer, a apertar as mãos depois da assinatura dos tratados, rodeados por outros signatários e membros das delegações.
Ao centro, da esquerda para a direita: Antonio Segni e Konrad Adenauer, a apertar as mãos depois da assinatura dos tratados, rodeados por outros signatários e membros das delegações. DR/União Europeia
Joseph Luns e Johannes Linthorst-Homan, da esquerda para a direita, a assinar os tratados em nome da Holanda
Joseph Luns e Johannes Linthorst-Homan, da esquerda para a direita, a assinar os tratados em nome da Holanda DR/União Europeia
Konrad Adenauer, sentado à direita, a assinar os tratados em nome da Alemanha
Konrad Adenauer, sentado à direita, a assinar os tratados em nome da Alemanha DR/União Europeia
Antigo primeiro-ministro italiano Giuseppe Pella em pé, ao centro, a falar sobre o Euratom e o Mercado Comum na câmara dos deputados em Roma, a 28 de Julho de 1957
Antigo primeiro-ministro italiano Giuseppe Pella em pé, ao centro, a falar sobre o Euratom e o Mercado Comum na câmara dos deputados em Roma, a 28 de Julho de 1957 DR/União Europeia
Membros da delegação alemã a assinar os tratados: Konrad Adenauear e Walter Hallstein
Membros da delegação alemã a assinar os tratados: Konrad Adenauear e Walter Hallstein DR/União Europeia
Assinatura dos tratados pelo Luxemburgo e Holanda. Da esquerda para a direita: Joseph Bech, Lambert Schaus e Joseph Luns
Assinatura dos tratados pelo Luxemburgo e Holanda. Da esquerda para a direita: Joseph Bech, Lambert Schaus e Joseph Luns DR/União Europeia
Da esquerda para a direita: assinatura dos tratados pela Bélgica, França e Alemanha. Paul-Henri Spaak, Jean-Charles Snoy et d’Oppuers, Christian Pineau, Maurice Faure, Konrad Adenauer e Walter Hallstein.
Da esquerda para a direita: assinatura dos tratados pela Bélgica, França e Alemanha. Paul-Henri Spaak, Jean-Charles Snoy et d’Oppuers, Christian Pineau, Maurice Faure, Konrad Adenauer e Walter Hallstein. DR/União Europeia
Políticos europeus reunidos no edifício da Câmara Municipal de Roma durante a cerimónia de assinatura dos tratados, a 25 de Março de 1957
Políticos europeus reunidos no edifício da Câmara Municipal de Roma durante a cerimónia de assinatura dos tratados, a 25 de Março de 1957 DR/União Europeia