Trump responde a Meryl Streep: “Não me conhece, mas atacou-me”

Durante o discurso de aceitação do prémio carreira, Meryl Streep teceu duras críticas a Trump.

Trump negou, mais uma vez, ter gozado com o jornalista
Foto
Trump negou, mais uma vez, ter gozado com o jornalista Andrew Kelly/Reuters

Donald Trump esteve envolvido indirectamente num dos momentos mais falados da noite da 74.ª cerimónia dos Globos de Ouro, que não se fez só de premiações. O Presidente eleito dos Estados Unidos não tardou a responder às críticas de que foi alvo no discurso proferido por Meryl Streep, afirmando que esta é uma das actrizes “mais sobrevalorizadas de Hollywood”.

Trump fez uso do Twitter – as suas publicações polémicas nesta rede social têm causado estragos nos últimos tempos – e, em três tweets, respondeu à actriz. “A Meryl Streep, uma das actrizes mais sobrevalorizadas em Hollywood, não me conhece mas atacou-me ontem à noite nos Globos de Ouro. Ela é uma seguidora da Hillary [Clinton], que teve uma grande perda!”, pode ler-se na primeira publicação.

No discurso, Meryl Streep referiu-se a uma situação que ocorreu em 2015 durante a campanha de Donald Trump no Estado da Carolina do Sul, quando o Presidente eleito imitou Serge Kovaleski, um jornalista com deficiência.

“Pela centésima vez, eu não gozei com nenhum jornalista (nunca faria isso)”, escreveu o Presidente eleito em resposta às acusações de Streep. “Simplesmente lhe mostrei que era ‘servil’ [para com Hillary Clinton] ao alterar radicalmente uma história que ele escreveu 16 anos anos antes para me fazer parecer mal. Apenas mais uns meios de comunicação desonestos!”, acrescentou o republicano.

Antes das publicações no Twitter, Donald Trump já tinha feito declarações por telefone ao jornal New YorkTimes, dizendo que “não estava surpreendido” com o facto de ser alvo de críticas por parte de “pessoas dos filmes liberais”.