Música, maestro: vêm aí as rentrées dos partidos

O final de Agosto e o início de Setembro é a época escolhida para o regresso à actividade política.

Foto
A 40.ª edição da Festa do Avante realiza-se este ano Miguel Manso

Alguns partidos já têm tudo a postos. O PSD, por exemplo, voltará a realizar a sua Universidade de Verão, em Castelo de Vide, que, entre muitos outros convidados, terá como uma das oradoras a maestrina Joana Carneiro. A música tem, aliás, dado que falar numa outra rentrée, a do PCP, com a 40.ª edição da histórica Festa do Avante, na qual os UHF desistiram de participar por considerarem não ter sido dado destaque suficiente à banda

Ainda assim, não faltará música e haverá mais bandas na Festa do Avante, que decorre de 2 a 4 de Setembro, no Seixal – este ano o espaço estende-se da Quinta da Atalaia à recém-adquirida Quinta do Cabo da Marinha: um negócio de 950 mil euros e sete hectares. Ana Moura, Aldina Duarte, Carlão com Sam the Kid e Sara Tavares, Cristina Branco, Diabo na Cruz, Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal, Peste & Sida, Sérgio Godinho e Jorge Palma, Xutos & Pontapés, são alguns dos nomes que fazem parte de um programa que inclui ainda teatro, cinema, exposições, e, claro, intervenções políticas. A do secretário-geral Jerónimo de Sousa está, como sempre, marcada para o final da tarde do último dia, no palco 25 de Abril.

Já a rentrée do Bloco de Esquerda acontece nos dias 26, 27 e 28 de Agosto, com o Socialismo 2016 – Fórum de Ideias à Esquerda, na Escola Secundária de Santa Maria da Feira. Na décima edição do evento haverá debates sobre política, ciência, cultura, economia, entre outras áreas. Alguns exemplos: Perspectivas da Esquerda para o Brasil (Jean Wyllys, Joana Mortágua); Offshores (Paulo Ralha); Precariedade: modo de combater (José Soeiro); Esparta e o modelo da Troika (Luís Fazenda); Maquiavel, a Guerra dos Tronos e a luta pelo poder da Europa (Francisco Louçã); Curdistão/Turquia (José Manuel Rosendo); Combate à corrupção (Pedro Filipe Soares); Desobedecer à Europa (José Manuel Pureza, Alfredo Barroso); Eutanásia: pelo direito à dignidade (João Semedo); Controlo público da banca (Mariana Mortágua).

Também na Universidade de Verão do PSD, entre 29 de Agosto e 4 de Setembro, para falarem aos jovens entre os 18 e os 30 anos haverá convidados que não são todos do partido, como por exemplo o socialista e antigo presidente da Assembleia da República Jaime Gama, o refugiado sírio Nour Machlah, o político grego Kyriakos Mitsotakis, presidente da Nova Democracia, entre outros. Maria Luís Albuquerque, Paulo Rangel, Carlos Moedas e Carlos Pimenta são alguns dos oradores sociais-democratas que estarão presentes na edição deste ano. O encerramento cabe ao líder do partido, Passos Coelho, no último dia, como é habitual.

O PS fará a rentrée na segunda quinzena de Setembro, mas o programa ainda foi divulgado. Quanto ao CDS, terá uma iniciativa, também não divulgada ainda, mas que decorrerá na primeira quinzena de Setembro, depois da Escola de Quadros que acontece entre os dias 1 e 4 de Setembro, em Peniche.