Renato Sanches confirmado no Bayern Munique

Transferência do médio do SL Benfica pode chegar aos 80 milhões de euros.

Foto
Francisco Leong / AFP

O SL Benfica confirmou a transferência do médio Renato Sanches para o Bayern Munique, de acordo com uma comunicação feita pelo clube português à Comissão de Mercado e Valores Imobiliários (CMVM).

Segundo a nota, o valor inicial da transferência é de 35 milhões de euros, mas o negócio pode chegar aos 80 milhões, correspondentes à cláusula de rescisão de Renato Sanches, mediante a concretização de certos objectivos.

O Bayern também já confirmou ter chegado a acordo com o médio internacional português. O presidente Karl-Heinz Rummenigge disse que Renato Sanches já estava a ser seguido pelo clube alemão "há bastante tempo". "Estamos contentes por ter conseguido contratá-lo apesar da competição internacional de grandes clubes", acrescentou.

Os tetracampeões alemães - que também anunciaram a contratação do central Mats Hummels ao Borussia Dortmund - ganharam a corrida pela compra do passe do jovem de 18 anos ao Manchester United, a quem a imprensa desportiva apontava um forte interesse.

Renato Sanches passa, assim, a ser o caso mais bem sucedido da formação do Benfica no que diz respeito ao mercado de transferências. Depois das vendas recentes de Bernardo Silva (15,7 milhões), João Cancelo (15), André Gomes (15) e Ivan Cavaleiro (15), os "encarnados" voltam a rentabilizar o trabalho da academia do Seixal.

A ascensão do jovem médio português, de resto, foi meteórica. Há meio ano, jogava na II Liga, ao serviço do Benfica B, quando Rui Vitória decidiu testá-lo na formação principal. Depois da estreia num jogo frente ao Tondela, em Outubro, na 9.ª jornada, foi ganhando espaço e rapidamente conquistou a titularidade no meio-campo, para não mais a largar.

Forte fisicamente e explosivo nas acções ofensivas, Renato Sanches foi determinante para equilibrar a equipa do Benfica numa altura em que Rui Vitória procurava uma solução credível para o miolo do meio-campo. E o médio seria determinante em vários jogos, incluindo um triunfo em Guimarães, por 1-0, com um golo apontado pelo produto da formação.

Com o trajecto positivo do Benfica na Liga dos Campeões, o médio de 18 anos foi arrastado para a montra da alta finança do futebol europeu e cedo começaram a chegar informações do interesse de alguns clubes de topo. Pep Guardiola, treinador do Bayern Munique, assumiu, na eliminatória da Champions, que apreciava as características do jogador e teceu-lhe rasgados elogios.

A direcção do campeão alemão terá concordado e, mesmo sem o treinador catalão no Allianz Arena na próxima época, decidiu recrutar a coqueluche do Benfica, por um valor inicial que, na Luz, só é ultrapassado pela venda de outro médio todo-o-terreno: Axel Witsel, para o Zenit S. Petersburgo, por 40 milhões de euros.