Torne-se perito

FC Porto anuncia acordo de 457,5 milhões com a PT

Negócio inclui os direitos de transmissão dos jogos no Estádio do Dragão a partir de 2018 e o patrocínio das camisolas do clube já a 1 de Janeiro de 2016.

O acordo anunciado neste sábado é um dos maiores de sempre no futebol português
Foto
O acordo anunciado neste domingo é um dos maiores de sempre no futebol português AFP/JACK GUEZ

O FC Porto anunciou às primeiras horas deste domingo a venda, por 457,5 milhões de euros, dos direitos de transmissão dos jogos disputados em casa à PT/Altice, que se tornará também no patrocinador principal das camisolas do clube.

O acordo, válido por dez anos, supera os valores alcançados num negócio de contornos parecidos celebrado no início deste mês pelo Benfica com a NOS, concorrente directa da PT — que detém a operadora Meo — no mercado televisivo português.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a SAD do FC Porto informa que o acordo envolve “os direitos de transmissão televisiva dos jogos disputados pela equipa principal de futebol, na qualidade de visitado, na Primeira Liga, bem como o direito de exploração comercial de espaços publicitários do Estádio do Dragão”.

Esta parte do acordo é válida por um período de dez épocas desportivas mas apenas com início em 1 de Julho de 2018, dado que só nessa altura expira o contrato dos “dragões” com a PPTV de Joaquim Oliveira, o empresário dono da Sport TV.

Muito antes disso, já a partir do próximo dia 1 de Janeiro de 2016, a PT/Meo ficará com o “estatuto de patrocinador principal do FC Porto, com o direito de colocar publicidade na parte frontal das camisolas da equipa principal de futebol” e por um período de sete épocas e meia, segundo o mesmo comunicado.

Nessa mesma data, a operadora televisiva ganhará também o “direito de transmissão do Porto Canal, pelo período de 12 épocas e meia”, não explicitando o comunicado se essa transmissão será feita em regime de exclusividade.

Embora de maior abrangência, o acordo agora anunciado pelo FC Porto supera os valores do contrato celebrado a 2 de Dezembro entre o Benfica e a NOS, que comprou por dez anos, e por um valor que pode chegar aos 400 milhões de euros, os direitos de transmissão televisiva dos jogos dos “encarnados” na Liga portuguesa disputados no Estádio da Luz, para os mercados nacional e internacional. O contrato, que engloba também os direitos de transmissão e distribuição do canal Benfica TV, terá início na próxima temporada e irá prolongar-se, inicialmente, por três anos, podendo ser alargado por mais sete. Só nesse caso os valores do contrato chegarão aos anunciados 400 milhões de euros.

O negócio do Benfica exclui, contudo, o patrocínio das camisolas do clube, que passou a ser assegurado nesta temporada pela Emirates. Este contrato, celebrado em Maio e válido até à época de 2017/18, deverá render mais 30 milhões de euros aos cofres dos “encarnados”, a uma média de entre oito a dez milhões de euros por ano, dependendo dos objectivos alcançados. A companhia aérea do Dubai substituiu precisamente a PT/Meo como principal patrocinadora do clube da Luz. 

Sugerir correcção