Eduardo Cabrita, braço político de Costa

Foto
Rui Gaudêncio

A nomeação de Eduardo Cabrita para ministro adjunto resulta muito da proximidade e confiança que tem com o líder do PS.  Foi colega de António Costa na universidade e seu secretário de Estado adjunto de quando o futuro chefe de Governo tutelou a Justiça no último Governo de António Guterres.

Depois disso, esteve ainda no Governo de José Sócrates, como secretário de Estado adjunto, com a tutela da Administração Local. A sua escolha para um ministério sem pasta resulta da intenção de Costa poder contar com Cabrita para a gestão das questões políticas no quotidiano do Governo.

As últimas vezes que o cargo surgiu num organigrama governativo foi com Santana Lopes, que nomeou Rui Gomes da Silva para o cargo e Durão Barroso, que escolheu José Luís Arnaut para o posto. Com António Guterres, o cargo pertenceu primeiro a José Sócrates e depois a António José Seguro.

Veja aqui os perfis de todos os novos ministros