Europol prende grupo responsável por fraude online de seis milhões de euros

As autoridades policiais prenderam 49 suspeitos de pertencerem a grupo organizado de cibercrime em Espanha, Polónia e Itália.

Cibercrime tem um "crescimento exponencial"
Foto
Cibercrime tem um "crescimento exponencial" Mal Langsdon/Reuters

As autoridades policiais prenderam 49 suspeitos de pertencerem a grupo organizado de cibercrime em Espanha, Polónia e Itália. A organização será responsável pelo roubo de milhões de euros de bancos europeus.

A polícia fez buscas em 58 locais, estas fazem parte de uma investigação relacionada com esquemas de phishing (técnicas de acesso ilegítimo a contas bancárias movimentadas através da Internet) usados para transferir dinheiro de bancos em toda a Europa. Autoridades na Bélgica e no Reino Unido acompanharam a investigação e a operação, que foi conduzida esta terça-feira. "As investigações paralelas revelaram uma fraude internacional no total de seis milhões de euros, acumulados num período muito curto", segundo comunicado da Europol.Os suspeitos, maioritariamente da Nigéria e Camarões, transferiram os lucros ilícitos para fora da União Europeia através de uma rede sofisticada de lavagem de dinheiro.