Há menos alunos inscritos para os exames do secundário

Exames nacionais do ensino secundário decorrem entre 15 e 25 de Junho.

Só 1% dos alunos que vão a exame são de cursos profissionais
Foto
Só 1% dos alunos que vão a exame são de cursos profissionais Rui Gaudêncio (arquivo)

Os exames nacionais do ensino secundário têm, este ano, menos 1302 alunos inscritos face a 2014, segundo mostram dados divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Educação e Ciência sobre as inscrições na primeira fase das provas, que começa a 15 de Junho.

Em 2014, estavam inscritos 158.566 estudantes, enquanto este ano o número desce para 157.264. São ainda dados provisórios. Ao todo, irão realizar-se 339.758 exames nacionais (menos 6648 face a 2014).

A idade média dos alunos inscritos nos exames ronda os 17,46 anos, praticamente semelhante à de 2014 (17,5 anos).

Segundo os dados divulgados, 16% dos estudantes inscritos vão fazer pelo menos uma prova para melhoria de nota e 17% só exames para acesso ao ensino superior.

A área de Ciências e Tecnologias volta a liderar a tabela de cursos do ensino secundário, com mais alunos inscritos nos exames (76.089), seguindo-se Línguas e Humanidades (34.031) e Ciências Socioeconómicas (14.096).

Os estudantes do ensino profissional voltam, também, a representar 1% dos inscritos, totalizando 805 alunos que tencionam fazer exame.

As provas nacionais de Português (72.986 inscrições), Física e Química A (50.977), Matemática A (50.695) e Biologia e Geologia (49.082) continuam a ser as mais procuradas.

A primeira fase dos exames nacionais do ensino secundário inicia-se  com a prova de Filosofia, para a qual estão inscritos 14.637 alunos, e termina a 25 de Junho, com os exames de Geometria Descritiva A e Literatura Portuguesa, com, respectivamente, 9203 e 2487 estudantes inscritos.

 

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações