Fotogaleria
Fotogaleria
Ingrid von Kruse

MUDE mostra retratos e peças de design de arquitectos

Duas exposições sobre a obra de arquitectos consagrados chegam ao MUDE, em Lisboa, a 23 de Abril. Retratos e peças de Álvaro Siza Vieira e Eduardo de Souto do Moura podem ser vistos até 15 de Agosto

Os aspectos em comum no design e na arquitectura vão estar em foco em duas exposições sobre a obra de arquitectos consagrados que são inauguradas esta quinta-feira, 23 de Abril, no Museu do Design e da Moda (MUDE), em Lisboa. Intituladas "Arquitectos Eminentes. Fotografia de Ingrid von Kruse" e "Arquitectos Designers. Mobiliário e Iluminação", as exposições vão estar patentes no piso 1 do MUDE até 15 de Agosto, com curadoria de Bárbara Coutinho, directora do museu.

De acordo com o MUDE, nas exposições serão sublinhados os pontos em comum entre a arquitectura e o design, nomeadamente o trabalho em escalas e dimensões diferentes, e a necessidade de um processo e uma metodologia de investigação para o desenvolvimento de um projecto. Também as questões estéticas, funcionais e económicas, associando duas componentes essenciais do ser humano — criatividade e praticidade — que atravessam as duas disciplinas, estarão em destaque.

A exposição "Arquitectos Eminentes" apresenta uma selecção de fotografias a preto e branco captadas pela alemã Ingrid von Kruse, uma designer de formação que tem vindo a centrar-se no retrato intimista. As fotografias são acompanhadas por depoimentos e esquissos dos próprios retratados, cujo olhar, as mãos e a expressão, em paralelo com a caligrafia, o traço e os pensamentos expressos nos textos, permitem conhecer melhor.

Entre os arquitectos retratados estão Álvaro Siza, Tadao Ando, Denise Scott Brown, David Hipperfield, Peter Eisenman, Norman Foster, Frank O.Gehry, Zaha Hadid, Rem Koolhaas, Daniel Libeskind, Richard Meier, Oscar Niemeyer, Ieoh Ming Pei, Renzo Piano, Richard Rogers, Oswald Mathias Ungers, Robert Venturi e Peter Zumthor.

Em simultâneo, a exposição "Arquitectos Designers" apresenta uma selecção de peças de design de produto — mobiliário, luminária e pequenos objetos — desenhadas por arquitectos que fazem parte da Colecção Francisco Capelo, do acervo do MUDE, que tem vindo a ser estudada pelo museu.

As peças em exposição, muitas delas inéditas para o público em geral, evocam a relação de complementaridade existente entre a prática da arquitectura e a prática do design, em particular ao longo do século XX. Alvar Aalto, Franco Albini, Gae Aulenti, Andrea Branzi, Archizoom Associate, Mario Bellini, Achille Castiglioni, Paolo Deganello, Charles Eames, Michael Graves, Vittorio Gregotti, Marc Held Arne Jacobsen, Shiro Kuramata, e Le Corbusier são alguns dos arquitectos/designers representados.

Também surgem peças de Vico Magistretti, Massimo Morozzi, Gaetano Pesce, Gio Ponti, Jean Prouvé, Verner Panton, Charlotte Perriand, Alessandro Mendini, Bruno Mathson, Aldo Rossi, Carlo Scarpa, Eduardo Souto Moura, Eero Saarinen, Ettore Sottsass e do colectivo Super studio. Alguns dos arquitectos representados nesta exposição são também retratados por Ingrid von Kruse, como Zaha Adid, Mario Botta, Oscar Niemeyer e Álvaro Siza Vieira.