Candidaturas aos apoios ao arrendamento jovem já arrancaram

Acesso ao Porta 65 Jovem pode garantir apoios até 150 euros .

Investidores estrangeiros têm manifestado preferência pela aquisição de imóveis em Lisboa.
Foto
Taxa máxima de IMI é aplicada por poucas autarquias. Enric Vives-Rubio

A primeira fase do concurso ao programa de incentivos ao arrendamento jovem, o Porta 65 Jovem, que pode garantir apoios até 150 euros, arrancou esta sexta-feira e prolonga-se até 18 de Maio.

Ao programa, que tem as restantes fases de candidatura em Setembro e em Dezembro, podem candidatar-se jovens a partir dos 18 até aos 30 anos.

Podem ainda candidatar-se casais de jovens não separados judicialmente de pessoas e bens ou em união de facto com idade igual a 18 anos e inferior a 30 anos (podendo um dos elementos do casal ter até 32 anos) e jovens em coabitação.

O subsídio atribuído varia entre 30% e 50% do valor da renda, que não pode ultrapassar os valores fixados por portaria, que no caso da grande Lisboa está fixada em 514 euros e no Porto em 412 euros.

Os candidatos também não podem usufruir de rendimentos mensais superiores a quatro vezes o salário mínimo nacional.

As candidaturas ao programa, que podem garantir apoio por um período de três anos, são feitas por via electrónica, através o Portal da Habitação (http://www.portaldahabitacao.pt/pt/portal/index.jsp), onde consta informação sobre as condições gerais do programa, bem como os documentos necessários à candidatura.

Sugerir correcção