Morreu ex-ministro socialista António Sousa Gomes

PS manifesta pesar pela morte do ex-dirigente e gestor público.

O Partido Socialista manifestou esta sexta-feira "profundo pesar" pela morte do ex-dirigente do partido António Sousa Gomes, relembrando os seus contributos em várias áreas, e apresentando as condolências à família.

Em nota enviada à comunicação social, o PS refere que "Sousa Gomes foi um destacado político e gestor, deixando um traço de extrema competência e probidade em todos os cargos desempenhados".

A nota relembra os contributos do antigo ministro do Plano e Coordenação Económica, da Indústria e Tecnologia e ainda da Habitação e Obras Públicas nos dois primeiros Governos Constitucionais, liderados por Mário Soares, bem como as suas acções como deputado e gestor público.

Enquanto gestor, Sousa Gomes passou pelo antigo IPE (Investimentos e Participações do Estado), pela EGF (Empresa Geral do Fomento) e pela Cimpor.

"Ao longo da sua carreira de serviço público deu relevantes contributos para as estratégias de desenvolvimento nacional e defendeu, com frequência, propostas de medidas para melhorar e fazer crescer a Economia portuguesa", continua a nota.