Microsoft lança app do Outlook para iOS e Android

Foto
Microsoft

A nova aplicação (app) do serviço de correio electrónico da Microsoft, Outlook, está disponível para iOS e numa versão preview para Android a partir desta quinta-feira, podendo ser utilizada nos smartphones e tablets com os dois sistemas operativos.

A Microsoft reconhece que actividades como navegar em e-mails com excesso de entradas ou partilhar ficheiros exigem “muitos passos ou várias apps que não funcionam tão bem em conjunto no telefone”. Nesse sentido, a nova app Outlook (OWA) oferece a possibilidade de agrupar uma série de ferramentas para garantir um serviço de correio electrónico mais ágil e prático para gerir e-mail, calendário, contactos e ficheiros num ecrã mais pequeno que o de um PC.

A nova app permite ao utilizador assinalar entre os e-mails que recebe aqueles que são mais importantes. O sistema faz essa leitura através da forma como os e-mails são colocados ou movidos das pastas Focused ou Other. Basta gerir um e-mail ou ficheiro com um gesto para a direita ou esquerda para que estes sejam arquivados, apagados, marcados com lidos ou agendados. “Ao contrário de outras apps de e-mail, o Outlook permite personalizar esses gestos para se adaptar ao hábitos de e-mail” do utilizador.

Uma das características mais interessantes da app é que permite ao utilizador usar todas estas funcionalidades em várias contas de e-mail, incluindo a do Office 365, Exchange, Outlook.com, iCloud, Gmail e Yahoo.

A Microsoft garante que se tornou mais simples partilhar ficheiros em nuvem, com a possibilidade de ligação a qualquer documento a partir dos serviços OneDrive, Dropbox ou iCloud. Aos destinatários é garantida automaticamente autorização para visualizar esses ficheiros, sem medidas adicionais. A OWA também permite pesquisar o que está armazenado em nuvem e os anexos de e-mail em simultâneo.

A OWA, cuja plataforma está traduzida em 30 línguas, incluindo o Português, oferece as mesmas funcionalidades de e-mail, calendário e contacto que o utilizador obtém no OWA no browser, juntamente com capacidades adicionais possibilitadas através da integração com o iPad, por exemplo, explica a Microsoft.