Foto

Nesta empresa, os emails recebidos nas férias são automaticamente apagados

Com o Mail on Holiday não há como cair na tentação de espreitar o email durante as férias. Empresa alemã Daimler quer que os trabalhadores equilibrem vida profissional e pessoal

“Estou de férias. Não posso ler o seu email. Ele será apagado. Por favor, contacte o Hans ou a Monika se for realmente importante ou reenvie o email quando regressar ao escritório. Obrigado.” No lugar da clássica mensagem “out of office”, a empresa alemã Daimler incentiva agora os funcionários a accionar o programa Mail on Holiday, que apaga automaticamente todos os emails recebidos durante o período de férias.

Cair na tentação de dar uma “olhadela” ao email profissional acontece até aos mais disciplinados trabalhadores — mesmo que a mensagem de resposta automática esteja accionada, que estejam empenhados em aproveitar as férias, que saibam perfeitamente que os emails estarão na caixa de entrada no regresso ao trabalho. Foi a pensar nisso que esta empresa do ramo automóvel — detentora Mercedes-Benz, Smart, AMG Motors e Mitsubishi Fuso — desenvolveu este programa, que não só afasta os funcionários do trabalho como os poupa de passar um dia a “limpar” a caixa de correio quando chegam de férias.

O Mail on Holiday está programado para enviar automaticamente uma mensagem para quem tenta contactar o trabalhador, com contactos em caso de urgência e a informação de que o email que acaba de enviar será apagado. Mas mesmo mensagens mais ousadas como a citada pela BBC que abre este texto, não são, aparentemente, levadas a mal. “A reacção é 99% positiva, porque toda a gente diz ‘isso é muito porreiro, eu gostava de o fazer’”, explica o porta-voz da Daimler à BBC Radio.

PÚBLICO -
Foto
Empresa alemã desenvolveu o programa garantir aos funcionários férias longe do trabalho /Michaela Rehle/Reuters

Esta política (opcional) de eliminação automática de emails segue uma estratégia de equilíbrio entre vida profissional e pessoal, defendida numa investigação financiada pelo Governo, que a Daimler realizou em 2010 e 2011 com psicólogos da Universidade de Heidelberg. Em 2011, a Volkswagen deixou de enviar emails aos funcionários a partir de determinada hora da noite e, em Março deste ano, sindicatos e patrões do sector da tecnologia, engenharia e consultoria assinaram um acordo que reconhece o direito do trabalhador a ficar offline.

O programa inovador da Daimler foi testado em 2013 e os 100 mil funcionários do grupo têm o serviço à disposição, podendo ou não optar por activá-lo.

Sugerir correcção