Ricardo Costa põe lugar na direcção do Expresso à disposição, mas administração recusa

Reacção à entrada de António Costa na corrida do PS.

Foto

O director do Expresso, Ricardo Costa, colocou nesta terça-feira o lugar à disposição depois de o irmão António Costa ter manifestado vontade em discutir a liderança do Partido Socialista com António José Seguro, mas a administração recusou.

Numa nota enviada às redacções, o grupo Impresa dá conta que, depois das notícias sobre a intenção de o actual presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, ser líder do PS, Ricardo Costa colocou o lugar como director do Expresso à disposição. Ricardo e António Costa são irmãos.

“Tendo o director do Expresso reunido igualmente com o Conselho de Redacção do jornal, a administração do Grupo recusou essa possibilidade e reafirmou a sua total confiança em Ricardo Costa”, adianta a Impresa.

O grupo acrescenta que “continuará a contar com Ricardo Costa na direcção do Expresso, para prosseguir a consolidação da liderança do jornal nos segmentos onde está presente”.