Audi do sorteio do fisco custam 1,55 milhões

Os modelos escolhidos para o sorteio, que começa em Abril, vão ser comprados por cerca de 28.300 e 36.200 euros.

Serão sorteados Audi A4 e A6
Foto
Serão sorteados Audi A4 e A6 CHRISTOF STACHE/AFP

Os 54 automóveis Audi que vão ser distribuídos ao longo de um ano no sorteio Factura da Sorte vão custar ao Estado um total a rondar 1,55 milhões de euros. Em 2014 serão feitos 39 sorteios ordinários (um por semana) e dois sorteios extraordinários (um em Junho e outro em Dezembro, nos quais será atribuído ao vencedor um carro de gama mais alta) – isto significará um desembolso próximo de 1,18 milhões de euros.

Segundo números dados ao PÚBLICO por fonte do Governo, os valores de aquisição ficam abaixo do tecto definido na portaria que regula o sorteio. Os Audi A4 vão custar menos 28% do que o limite de 39.360 euros que tinha sido determinado pela portaria, o que significa um preço de cerca de 28.300 euros. Já os Audi A6 custarão menos 30% do que o tecto de 51.660 euros, o que se traduz num preço a rondar os 36.200 euros. Os modelos sorteados são o Audi A4 2.0 TDI, com 136 cavalos, e o A6 2.0 TDI, com 177 cavalos, ambos com pintura metalizada.

A Autoridade Tributária e Aduaneira estava autorizada a gastar até 3,5 milhões de euros (mais IVA) com a compra dos carros para os sorteios deste ano. A Audi foi escolhida num concurso organizado pela entidade de serviços partilhados da administração pública portuguesa (ESPAP).

A marca foi, no ano passado, a sexta que mais vendeu, ao comercializar 5975 automóveis ligeiros, sensivelmente os mesmos do que no ano anterior. Já em Janeiro e Fevereiro deste ano, foram comercializados 1246 automóveis da marca, um crescimento de 24,5% face aos mesmos dois meses de 2013.

Os montantes das facturas dos contribuintes serão convertidos em cupões de dez euros, que serão sorteados semanalmente. Segundo números oficiais, em Janeiro houve um aumento de 22,6% nas facturas comunicadas à Autoridade Tributária, face a Janeiro do ano passado.