curlsdiva/Flickr
Foto
curlsdiva/Flickr

Universidade do Porto lança portal de emprego

O Portal de Emprego é uma parceria entre a Universidade do Porto e a Universia, que procura ajudar alunos e ex-alunos a encontrar emprego

A Universidade do Porto (UP) e a Universia juntaram-se para promover o emprego para alunos daquela instituição. O projecto consiste numa plataforma onde alunos e antigos alunos da UP podem criar um currículo e consultar as ofertas de emprego de várias empresas.

Bernardo Sá Nogueira é o director-geral da Universia e mostra-se satisfeito com os resultados alcançados por este projecto: "Já estamos a ter um alcance muito alargado. Em Portugal já estamos nas principais universidades públicas e em alguns politécnicos e a rede está a começar a ser consolidada". Além das outras dez universidades portuguesas em que está inserido, o Portal de Emprego já faz parte de várias universidades em Espanha, América do Sul, América Central e México.

O Portal de Emprego quer criar uma ponte entre a comunidade académica e o mercado de trabalho. Este projecto está integrado na comunidade "Trabalhando", de origem chilena, que está presente em 11 países ibero-americanos e todos os meses oferece 200 mil oportunidades de emprego.

Formato intuitivo

A apresentação do Portal de Emprego decorreu esta quarta-feira na Reitoria da UP, com a presença de José Marques dos Santos, reitor da UP, Bernardo Sá Nogueira e Maria Lurdes Correia Fernandes, vice-reitora para a Formação e Organização Académica. O encontro serviu para apresentar a estrutura do site, que, como Maria Fernandes referiu, tem um formato muito intuitivo, fácil de navegar, tanto para as empresas como para os estudantes.

O Portal de Emprego, além de ser uma oportunidade para alunos e ex-alunos, é também uma forma de elevar o estatuto da Universidade. O reitor da UP reconhece que, "neste momento, o país está com graves problemas de emprego". "Felizmente, ao nível dos nossos graduados, as taxas de desemprego são muitíssimo inferiores às do país, mas, mesmo assim, não estamos satisfeitos. Nós gostaríamos que os nossos graduados tivessem 100% de emprego", afirma José Marques dos Santos.

Em Portugal, o projecto conta já com a participação de 850 empresas e já ofereceu mais de 60 mil oportunidades de emprego. Qualquer aluno ou antigo aluno da Universidade do Porto pode inscrever-se no Portal de Emprego, tal como empresas interessadas em estudantes com uma formação específica.