Um concerto em Lisboa para homenagear Lou Reed

Músicos portugueses interpretam sexta-feira, no Largo do Intendente, canções de Reed e dos Velvet Underground

Foto
Jorge Palma, Paulo Furtado ou JP Simões serão alguns dos músicos presentes na homenagem AFP

Esta sexta, por sua vez, uma verdadeira armada de músicos portugueses prestará tributo à obra de Reed. Acontecerá em Lisboa, no Largo do Intendente, a partir das 21h30, e a lista é extensa: de Jorge Palma a Paulo Furtado, de Rui Reininho a Samuel Úria, de Zé Pedro a Manuel Fúria, de Alex Cortez, dos Rádio Macau, a Tiago Bettencourt, de Jel a Rita RedShoes, de Armando Teixeira, dos Balla, e JP Simões a Anamar, todos interpretarão noite fora canções de Reed e dos seus Velvet Underground.

Nuno Duarte, que Portugal conhece enquanto Jel, declarou terça-feira à Lusa que a iniciativa “é uma homenagem que a rapaziada do rock decidiu fazer ao Lou Reed. É um dos artistas mais influentes do rock”. Deixou igualmente em aberto a possibilidade de, até sexta-feira, se juntarem mais músicos à celebração da obra do cantor, guitarrista e compositor americano. Para além dos nomes referidos, estão já confirmadas as presenças em palco de Flak, JP Almendra, dos Peste & Sida, Pedro Lousada, dos Blasted Mechanism, os bateristas Samuel Palitos, d’A Naifa, e David Pires, d’Os Pontos Negros, Vasco Duarte, companheiro de Jel nos Homens da Luta, e Carolina Torres, apresentadora televisiva que é também vocalista dos The Girl With The Black Bikini.

Compositor, cantor, guitarrista, líder dos Velvet Underground, Lou Reed, um dos mais inventivos e influentes criadores da música popular americana da segunda metade do século XX, morreu no domingo aos 71 anos em Long Island, Nova Iorque.