BlackBerry Messenger vai ser lançado para iOS e Android

Com a popularidade dos telemóveis a cair, a empresa decidiu disponibilizar uma das suas mais populares aplicações aos utilizadores dos dois grandes sistemas para dispositivos móveis.

Os BlackBerry, da canadiana RIM, estão a ficar para trás
Foto
O BlackBerry Messenger tem mais de 60 milhões de utilizadores mensais, diz a empresa Mark Blinch/Reuters

Numa mudança de estratégia, a BlackBerry (a empresa canadiana que fabrica os telemóveis com o mesmo nome) decidiu disponibilizar o sistema de mensagens dos seus aparelhos para outras plataformas.

O BlackBerry Messenger permite a troca de mensagens instantâneas e é uma das funcionalidades muito apreciadas pelos utilizadores destes aparelhos, cuja popularidade tem vindo a cair, arrastando a multinacional para uma situação difícil.

O sistema permite a troca gratuita de mensagens e funciona numa rede própria da BlackBerry. Para além de permitir a comunicação entre dois utilizadores, incorpora ainda uma funcionalidade para a troca de mensagens em grupo. Em 2011, nos motins de Londres, o BlackBerry Messenger teve um papel importante na disseminação de mensagens entre os jovens que participaram nos tumultos.

Ao passar a estar disponível noutras plataformas, o Messenger vai concorrer com as chamadas aplicações over the top, como o WhatsApp, o Skype e o Viber (os dois últimos permitem chamadas de voz), que possibilitam comunicações através da ligação à Internet e sem pagamento ao operador móvel.

De acordo com dados da empresa, o sistema tem mais de 60 milhões de utilizadores por mês e mais de 51 milhões de pessoas utilizam o BlackBerry Messenger durante cerca de 90 minutos diários. O WhatsApp diz ter mais de 200 milhões de utilizadores.

A aplicação está no processo de aprovação para ser disponibilizada na loja da Apple (para utilizadores de iOS6) e poderá também ser descarregada por utilizadores de Android a partir da versão 4.0.