Teorias da conspiração: 13% dos americanos acham que Obama é o anticristo

Mais norte-americanos acreditam que o seu Presidente é o anticristo do que os que acham que a aterragem na Lua foi mentira. Uma das teorias mais populares é de que o aquecimento global é uma invenção.

A teoria de que Obama é o anticristo é partilhada por 13% de inquiridos numa sondagem, outros 13% não têm a certeza
Fotogaleria
A teoria de que Obama é o anticristo é partilhada por 13% de inquiridos numa sondagem, outros 13% não têm a certeza Saul Loeb/AFP
Fotogaleria
Muitos viram no actor que personifica Satanás na minissérie A Bíblia semelhanças com o Presidente dos EUA DR

Uma sondagem a várias teorias da conspiração mostra que 13% dos americanos acham que o seu Presidente, Barack Obama, é o anticristo, enquanto outros 13% dizem não ter a certeza. A teoria é explicada, por exemplo, num vídeo no Youtube (prova de que Obama é o anticristo, com mais de três milhões de visionamentos) e sites de verificação de emails enganosos têm também explicações sobre por que emails com este título são falsos.

Recentemente, a minissérie A Bíblia, do canal História, provocou polémica: a primeira aparição de Satanás deixou as redes sociais a fervilhar com comparações entre o actor que o personificou e o Presidente norte-americano.

Segundo o inquérito da Public Policy Polling, que colocou algumas teorias da conspiração em forma de pergunta, a ideia de que Obama é ou pode ser o anticristo não é, no entanto, a mais popular. A que ficou em primeiro lugar foi a de que o aquecimento global é uma invenção: 37% não acreditam que este fenómeno exista.

Ainda segundo a sondagem, 28% acreditam que Saddam Hussein esteve envolvido nos ataques de 11 de Setembro e outros 28% acham que há uma conspiração de uma elite global para estabelecer uma nova ordem mundial. Há ainda 15% que dizem que o Governo ou os media usam tecnologia para controlo da mente no sinal de transmissão, e 14% acreditam na existência do Abominável Homem das Neves.

Já a teoria de que Osama bin Laden está vivo é verdade para 11% dos inquiridos, enquanto 7% partilham a desconfiança sobre a veracidade da ida do Homem à Lua. Outros 5% acham que Paul McCartney morreu em 1966, e 4% acreditam que há répteis vivendo disfarçados como pessoas na Terra, preparando-se para assumir o controlo.

A sondagem pretendeu ainda ver a diferença entre eleitores republicanos e democratas no que diz respeito a algumas teorias.

Por exemplo, em relação ao aquecimento global não ser um fenómeno verdadeiro, a maioria dos republicanos inquiridos concorda (58%), seguindo-se os independentes (41% concordam) e os democratas (11% concordam). Quanto à conspiração para uma nova ordem mundial, 34% de republicanos, 35% de independentes acreditam na teoria, contra 15% de democratas.

<b>Notícia corrigida às 16h05</b>