O pódio do “ranking” europeu foi integralmente entregue ao Reino Unido DR
Foto
O pódio do “ranking” europeu foi integralmente entregue ao Reino Unido DR

Universidade do Porto entre as 20 europeias mais activas na net

UP é a instituição portuguesa de ensino superior melhor classificada: está entre as 20 melhores da Europa e as 100 melhores do mundo, ocupando o 17.º lugar europeu e 93.º mundial

A Universidade do Porto está entre as vinte instituições universitárias europeias mais activas na Internet e é também a única portuguesa entre as cinquenta com maior presença “online”, revelou o “Ranking Web de Universidades”.

O “ranking” é elaborado pelo Laboratório de Cibermetria do Conselho Superior de Investigações Científicas, em Espanha, que analisa e classifica a presença na Internet das universidades europeias, comparando também esse posto com aquele que ocupam a nível mundial, com base no número de páginas “web”, no número de “links” externos, que remetem para cada instituição universitária, e no número de artigos científicos relevantes publicados.

A Universidade do Porto, nesta avaliação, é a instituição portuguesa de ensino superior melhor classificada: está entre as 20 melhores da Europa e as 100 melhores do mundo, ocupando o 17.º lugar europeu e 93.º mundial.

É preciso procurar na segunda metade do “ranking” das cem melhores europeias, para voltar a encontrar universidades portuguesas. A Universidade Técnica de Lisboa e a Universidade de Coimbra ocupam, respetivamente, o 61.º e o 62.º lugares, a nível europeu, e as posições 184.º e 185.º, no “ranking” mundial.

Reino Unido à frente na Europa

Com apenas quatro instituições universitárias entre as 100 melhores europeias, Portugal encerra esse “ranking”, colocando a Universidade do Minho no 100.º posto. Ainda entre as 150 mais activas, estão a Universidade de Lisboa e a Universidade Nova.

A Universidade Católica Portuguesa ocupa o 398.º posto, a nível europeu, ficando ainda entre as 400 mais activas na Internet das 5.872 instituições europeias analisadas e classificadas.

O pódio do “ranking” europeu foi integralmente entregue ao Reino Unido, que colocou a Universidade de Cambridge, a Universidade de Oxford e a Universidade College London em 1.º, 2.º e 3.º lugares, respetivamente.

As três instituições figuram ainda entre as 50 com mais presença na “web”, em todo o mundo. Já o pódio mundial é inteiramente norte-americano, com as Universidades de Harvard, Stanford e MIT (Massachusetts Institute of Technology) a liderarem o “ranking”. Espanha classificou quatro universidades entre as 50 mais activas na Internet, a nível europeu.

Sugerir correcção