Lucros do Santander Totta quase quadruplicam para 250 milhões

O banco terminou o ano de 2012 com um rácio de transformação de créditos em depósitos de 127,1%.

Foto
O resultado na actividade comercial em Portugal foi de 115 milhões de euros Ricardo Brito

O Santander Totta fechou o ano de 2012 com lucros de 250,2 milhões de euros, anunciou o banco nesta quinta-feira em conferência de imprensa, o que significa quase quatro vezes mais do que os 63,9 milhões de euros registados em 2011.

Para este resultado contribuiu a venda que o banco realizou no verão do risco da carteira de seguros Vida à Abbey Life, uma subsidiária do Deutsche Bank, numa operação de 150 milhões de euros.

No dossier de imprensa distribuído aos jornalistas, o banco detido na totalidade pelo espanhol Santander destacou ainda que o resultado recorrente na actividade comercial em Portugal foi de 115 milhões de euros, “o que quase duplica o resultado líquido do ano anterior”.

Na conferência de imprensa, o presidente do banco, Vieira Monteiro, destacou o aumento do rácio Core Tier 1 (medida que avalia a solvabilidade de um banco) para 12,3%, de acordo com os critérios do Banco de Portugal, sem o recurso à ajuda do Estado. “Tudo foi feito sem qualquer ajuda por parte do Estado. O Santander Totta não é um banco que tenha tido ajuda do Estado, quer para o seu capital quer para operações de liquidez”, afirmou o presidente do banco.

O Totta fechou ainda 2012 com um rácio de transformação de créditos em depósitos de 127,1%.

A casa mãe do Santander Totta teve no ano passado um lucro de 2205 milhões de euros, uma quebra de 59% face a 2011. Em Espanha, os lucros do Santander aumentaram 7,4%, para 709 milhões de euros, enquanto o resultado do Banesto, cuja integração foi anunciada recentemente , caiu 28,1%, para 94 milhões de euros.