Combustíveis

Venda de gasóleo cai quase 10% no primeiro semestre de 2012

Preço do gasóleo voltou hoje a subir
Foto
Preço do gasóleo voltou hoje a subir Foto: Paulo Pimenta

A venda de gasóleo, que representa dois terços do consumo em Portugal, caiu quase 10% no primeiro semestre de 2012, face ao período homólogo do ano anterior, uma redução de cerca de 200 mil toneladas.

Até Junho, foram comercializadas cerca 2,1 milhões de toneladas de gasóleo, que compara com os 2,3 milhões do primeiro semestre de 2011, segundo contas feitas pela Lusa, a partir dos dados mensais da Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

O consumo de gasóleo registou em Junho uma queda de 8,5%, sendo a redução mais acentuada verificada este ano, que se iniciou com uma quebra em Janeiro de 6,3%, vindo, mês após mês, a agravar-se.

As gasolinas também mantêm a tendência de queda, com as vendas a caírem 22,9% na gasolina sem chumbo 98 e de 8,3% na gasolina 95, que é mais consumida.

De acordo com a DGEG, no mês de Junho, os combustíveis apresentaram um agravamento do preço médio, na ordem dos quatro por cento em relação ao mesmo mês do ano anterior, uma tendência que se tem vindo a acentuar desde então, com um novo ciclo de subidas dos preços.

O preço do gasóleo e da gasolina voltou hoje às subidas, com um encarecimento de até três cêntimos em ambos os combustíveis, naquela que é uma das maiores subidas do ano.

À semelhança dos principais operadores do mercado, a Galp Energia actualizou hoje os seus preços com um acréscimo de três cêntimos no preço do gasóleo e 2,5 cêntimos no preço da gasolina, para 1,519 euros/litro e 1,719 euros/litro, respectivamente.