CGD com prejuízo de 12,7 milhões no primeiro semestre

O banco público acompanhou o BCP nos resultados negativos
Foto
O banco público acompanhou o BCP nos resultados negativos Foto: Filipe Arruda

O grupo Caixa Geral de Depósitos (CGD) teve um prejuízo de 12,7 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, o que compara com lucros 91,4 milhões no mesmo período do ano passado.

Em Espanha, o Banco Caixa Geral, a imobiliária do grupo no país e a sucursal do grupo registaram um prejuízo de 67,7 milhões de euros.

O grupo público, liderado por José de Matos, acompanha assim o maior banco privado português nos prejuízos, depois de o BCP ter apresentado um resultado negativo histórico, de 544,3 milhões de euros entre Janeiro e Junho.

No mercado português, os depósitos de clientes tiveram um ligeiro aumento (de 133 milhões de euros face a Junho do ano passado, passando para 64,4 mil milhões (0,2%). Desde o início do ano, aumentaram 0,6%, o equivalente a 368 milhões de euros. Na rede comercial em Portugal, os depósitos de particulares subiram 5,7% em termos anuais e 2,1% no semestre, divulgou a CGD.

Em 2011, a CGD teve lucro no primeiro semestre, mas o resultado de 91,4 milhões de euros reflectia uma queda de 13% face às contas dos primeiros seis meses do ano anterior.

O BPI e o BES terminaram o primeiro semestre deste ano com lucros. O banco presidido por Fernando Ulrich teve um resultado positivo de 85 milhões de euros, mais 7,5% do que nos primeiros seis meses de 2011, enquanto o grupo liderado por Ricardo Salgado lucrou 25,5 milhões de euros, neste caso menos 85,7% do que o mesmo período do ano passado.