Juiz espanhol Baltasar Garzón lidera defesa de Julian Assange

Baltasar Garzón esteve reunido com Assange
Foto
Baltasar Garzón esteve reunido com Assange Dominique Faget/AFP

O mediático juiz Baltasar Garzón vai liderar a equipa de advogados responsável pela defesa de Julian Assange e da WikiLeaks, anunciou esta organização em comunicado.

Garzón e Assange estiverem recentemente reunidos na embaixada do Equador no Reino Unido, onde o fundador do site pediu asilo político.

Segundo a nota publicada nesta terça-feira, a equipa liderada pelo jurista espanhol pretende “mostrar como os processos secretos nos EUA contra Julian Assange e a WikiLeaks comprometeram e contaminaram outros processos legais, incluindo o processo de extradição”. O texto refere ainda um “comportamento cúmplice” entre as autoridades da Suécia e do Reino Unido que “agravaram” as “ameaças” contra o fundador do site.

Assange está desde o mês passado na embaixada do Ecuador, para evitar ser extraditado para a Suécia, onde é acusado por crimes de natureza sexual. O responsável da WikiLeaks alega que as acusações têm motivações políticas, em consequência da divulgação online de documentos secretos.