Autoridades receberam ameaças

Taliban impedem vacinação de 240 mil crianças contra a poliomielite no Paquistão

A poliomielite ainda é endémica no Afeganistão, Paquistão e Nigéria
Foto
A poliomielite ainda é endémica no Afeganistão, Paquistão e Nigéria Darren Whiteside/Reuters

Os taliban que controlam regiões tribais no Noroeste do Paquistão, junto à fronteira com o Afeganistão, estão a travar a campanha de vacinação contra a poliomielite e pôr em risco a saúde de cerca de 240 mil crianças. As autoridades têm sido ameaçadas e põem mesmo a hipótese de cancelar a campanha de vacinação.

“Recebemos ameaças dos taliban, poderemos pôr em risco as equipas de vacinação”, disse à AFP um responsável do Ministério da Saúde paquistanês que pediu para não ser identificado. “Deveremos anular a campanha de vacinação contra a poliomielite no Waziristão do Norte e do Sul”, na fronteira com o Afeganistão, admitiu.

A situação foi também denunciada por Fawad Khan, director dos serviços de saúde nas zonas tribais do Noroeste do Paquistão, que adiantou uma estimativa quanto ao número de crianças que poderão não ser vacinadas – 160 mil no Waziristão do Norte e 80 mil no Waziristão do Sul, aproximadamente.

As autoridades de saúde paquistanesas poderão agora cancelar a campanha de vacinação que deveria começar na segunda-feira, embora ainda estejam a tentar chegar a acordo com os taliban, e a situação não é totalmente inesperada. Em Junho, um comandante local taliban, Hafiz Gul Bahadur, cujos seguidores combatem as forças da NATO no Afeganistão, impediu a vacinação contra a poliomielite no Waziristão do Norte em protesto contra as incursões de aviões não tripulados (drones) da CIA na região, e por considerar que a campanha contra a poliomielite poderia ser usada para encobrir acções de espionagem.

Foi isso que aconteceu em 2011, quando Osama Bin Liden foi morto numa operação das forças especiais norte-americanas em Abbottabad, no Paquistão, após uma campanha de vacinação contra a hepatite realizada pelo médico paquistanês Shakeel Afridi – entretanto condenado a 33 anos de prisão. Esta campanha terá sido organizada pela CIA e ajudou os EUA a chegar ao líder da Al-Qaeda.

A poliomielite afecta sobretudo crianças até aos cinco anos de idade, é uma infecção que pode causar paralisia em algumas horas ou mesmo levar à morte. Apesar do plano de erradicação da doença lançado pela Organização Mundial de Saúde, que fez baixar o número de casos de 350.000 em 125 países, em 1988, para 1352, em 2010, há ainda três países onde a poliomielite é endémica – Nigéria, Afeganistão e Paquistão.

Problemas relacionados com a vacinação fizeram o número de crianças infectadas no Paquistão aumentar de 144 em 2010 para 198 em 2011, o número mais elevado da última década, segundo a revista Lancet. Ao lado, na Índia, já passou mais de um ano desde que foi registado o último caso, em Janeiro de 2011, uma vitória para o país que chegou a ser o mais afectado por esta doença. Mas noutros três países – Angola, Chade e República Democrática do Congo – houve um ressurgimento de casos em 2011, o que levou à aplicação de planos de emergência.

Sugerir correcção