Biodiversidade

Governo açoriano vai monitorizar espécies de morcego do arquipélago

Os especialistas admitem que apenas existem no arquipélago duas espécies de morcegos
Foto
Os especialistas admitem que apenas existem no arquipélago duas espécies de morcegos Daniel Rocha

O governo dos Açores inicia em Abril um projecto de inventariação e monitorização das espécies de morcegos do arquipélago, que se encontram entre as menos conhecidas e as mais ameaçadas em Portugal.

Nos Açores estão inventariadas quatro espécies de morcegos, a mais emblemática é o Morcego-dos-Açores (Nyctalus azoreum), que é a única espécie de mamíferos endémica da região.

Apesar de estarem registadas quatro espécies, os especialistas admitem que actualmente apenas existam no arquipélago populações de duas, o Morcego-dos-Açores e o Morcego-da-Madeira (Pipistrellus maderensis), o que indicia a regressão e a vulnerabilidade destas espécies.

“O acompanhamento destas populações é fundamental para reverter uma eventual situação de decréscimo populacional de morcegos nas ilhas dos Açores”, refere a Secretaria Regional do Ambiente, numa nota divulgada através do gabinete de comunicação do executivo.

Nesse sentido, considera que “dada a sua vulnerabilidade e as lacunas existentes no conhecimento de factores essenciais para a conservação destas espécies, é importante a realização de censos que forneçam informações sobre o estado, a tendência das populações e os potenciais factores de ameaça”.

O projecto envolve a formação de Vigilantes da Natureza para os dotar com os conhecimentos necessários para identificar as espécies através das características morfológicas e de vocalização, estando previsto para Abril o início de uma campanha de censos.

A iniciativa do executivo regional insere-se nas celebrações do Ano Internacional do Morcego (2011-2012), promovido pela Convenção sobre a Conservação das Espécies Migradoras Pertencentes à Fauna Selvagem e pelo Acordo sobre a Conservação dos Morcegos Europeus, que visa promover a conservação, investigação e divulgação das cerca de 1200 espécies de morcegos existentes no planeta, das quais metade estão ameaçadas de extinção.