Na freguesia de Monte Abraão

Hortelões de Sintra podem manter cultivo

Uma das hortas é mantida por moradores locais há quase 30 anos
Foto
Uma das hortas é mantida por moradores locais há quase 30 anos Ricardo Silva

A Câmara de Sintra suspendeu o processo de desmantelamento de hortas comunitárias na freguesia de Monte Abraão, depois de no mês passado ter dado 30 dias aos hortelões para abandonarem os terrenos.

O vice-presidente da autarquia, Marco Almeida, disse à Lusa que a câmara está a preparar um regulamento para as hortas urbanas, que deverá ser submetido a reunião do executivo municipal em Janeiro. Até à sua conclusão fica suspensa a retirada das hortas que se encontram no bairro 1.º de Maio, em Monte Abraão, e os hortelões podem continuar nos terrenos.

Uma das hortas é mantida por moradores locais há quase 30 anos e a outra é cultivada por um grupo de jovens desde 2008.

A presidente da Junta de Freguesia de Monte Abraão, Fátima Campos (PS), aplaude a decisão da autarquia lembrando que os terrenos são importantes para a subsistência de alguns habitantes.