Torne-se perito

Marilyn Monroe continua a brilhar

Marilyn Monroe, pelos vistos, vai continuar a brilhar
Foto
Marilyn Monroe, pelos vistos, vai continuar a brilhar

Um novo filme sobre a actriz, "My Week with Marilyn", de Simon Curtis, baseia-se nas memórias de Colin Clark, que foi assistente de Laurence Olivier durante a atribulada rodagem em Inglaterra de "O Príncipe e a Corista"

Se achava que a imagem de Marilyn Monroe já tinha sido explorada à exaustão... tire-se de cuidados. A mulher que sozinha deu um novo significado ao "star system" de Hollywood numa altura em que ele já não existia nunca esteve realmente fora dos holofotes e continua hoje a ser um dos ícones mais reconhecidos do mundo. Mas se depender da agência de direitos Authentic Brands Group (ABG), escreve o jornal "New York Times", La Monroe vai-se tornar ubíqua nos próximos meses. A empresa americana adquiriu os direitos totais e exclusivos de representação, reprodução e licenciamento da imagem e do acervo da actriz.

É já ao abrigo desse acordo que Marilyn é uma das celebridades falecidas que Charlize Theron cruza no novo anúncio dos perfumes Christian Dior, dirigido por Jean-Jacques Annaud (as outras são Marlene Dietrich e Grace Kelly), e que se anunciam para o futuro linhas de vestuário Marilyn Monroe criadas por Dolce & Gabbana e Gérard Darel.

Esta movimentação coincide com a publicação de um novo livro, "Marilyn: Intimate Exposures", que inclui fotos inéditas tiradas por Bruno Bernard e um prefácio da falecida Jane Russell (que contracenou com Monroe em "Os Homens Preferem as Louras") e, sobretudo, com um novo filme sobre a actriz. "My Week with Marilyn", estreia no cinema do realizador de televisão Simon Curtis, baseia-se nas memórias de Colin Clark, que foi assistente de Laurence Olivier durante a atribulada rodagem em Inglaterra de "O Príncipe e a Corista" (1957), onde Marilyn fez a cabeça em água ao actor inglês, igualmente realizador do filme.

Michelle Williams interpreta Marilyn e Kenneth Branagh Olivier; o elenco conta ainda com Dougray Scott no papel do dramaturgo Arthur Miller (então casado com Monroe), Julia Ormond como Vivien Leigh (esposa de Olivier), Derek Jacobi e Judi Dench. O filme tem estreia mundial em Outubro no Festival de Cinema de Nova Iorque e estreia anunciada para Portugal (pela Zon Lusomundo) para Novembro (sujeita a confirmação).

Ao "New York Times", o relações públicas Michael Levine diz que "hoje em dia uma marca tem de estar muito presente para se tornar notada pelo meio do nevoeiro". Marilyn, pelos vistos, vai continuar a brilhar.

Sugerir correcção