Aumento de 17 por cento em relação ao mês de Maio

Floresta da Amazónia perdeu em Junho mais de 300 quilómetros quadrados

Entre Agosto de 2010 e Junho deste ano, já se perderam 2.429 quilómetros quadrados
Foto
Entre Agosto de 2010 e Junho deste ano, já se perderam 2.429 quilómetros quadrados Alexander Lees/Reuters/arquivo

Em Junho, a desflorestação da Amazónia atingiu uma área de 312 quilómetros quadrados, representando um aumento de 17 por cento em relação ao mês anterior, revelaram hoje as autoridades brasileiras.

Em relação ao mês de Junho do ano passado, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) dá conta de um aumento de 28 por cento da área derrubada, foi revelado ontem. Nesse mês, a área desflorestada era de 243 quilómetros quadrados, noticia o jornal “O Globo”.

A desflorestação foi maior no estado do Pará, com 119 quilómetros quadrados, seguido do estado de Mato Grosso (81 quilómetros quadrados) e Rondónia (64).

Estes dados foram calculados pelo Sistema de Detecção da Desflorestação em Tempo Real (Deter) que monitoriza áreas com extensões superiores a 25 hectares.

O calendário oficial da desflorestação vai de Agosto de um ano a Julho do ano seguinte. Assim, a um mês do encerramento do calendário de 2011, os dados do Deter mostram que existe uma tendência de aumento da taxa anual de desflorestação da Amazónia. Entre Agosto de 2010 e Junho deste ano, já se perderam 2.429 quilómetros quadrados.

Sugerir correcção