Conselho de Ministros

Governo promete “redução drástica” das entidades públicas

Vítor Gaspar diz que é preciso "repensar as funções do Estado"
Foto
Vítor Gaspar diz que é preciso "repensar as funções do Estado" REUTERS/Thierry Roge

O Executivo vai reduzir drasticamente o número de entidades públicas e proceder a “alterações profundas” nas funções do Estado.

Em conferência de imprensa, depois da reunião do Conselho de Ministros, o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, afirmou que o corte na despesa primária de 10 por cento em 2012 será “conseguido pela racionalização da gestão dos recursos disponíveis e pela reconsideração das áreas e prioridades da intervenção do sector público”. Para isso, revela o Governo, é suposto "reduzir drasticamente o número de entidades públicas”.

O ministro das Finanças não revelou, contudo, como vai proceder a essa redução, adiando os detalhes para mais tarde. Mas adianta que será precisa “uma alteração profunda no funcionamento e organização da administração pública”.

Segundo Vítor Gaspar, será preciso “repensar as funções do Estado”, salientando que há áreas onde o sector público deve estar presente e outras onde não deve.

Sugerir correcção