Agricultura

Faro inaugura horta urbana e entrega talhões a famílias e instituições

Há oito talhões de terreno disponíveis para cultivo agrícola
Foto
Há oito talhões de terreno disponíveis para cultivo agrícola Foto: Adriano Miranda/arquivo

Famílias e instituições de solidariedade de Faro recebem hoje pequenos terrenos para cultivar produtos biológicos numa Horta Urbana localizada na zona da cidade velha, informou hoje a autarquia.

O projecto da Horta Urbana de Faro, anunciado há cerca de um ano pela autarquia, insere-se na iniciativa Global Work Party, envolvendo cidadãos de 180 países que pretendem desta forma chamar a atenção para as alterações climáticas.

A localização da Horta Urbana em pleno centro histórico da cidade de Faro é uma iniciativa criticada pela oposição socialista, que classificou de “absurdo” a escolha de um terreno onde foram descobertos vestígios arqueológicos como um “bairro” com construções que vão desde o período islâmico até ao século XVIII.

A inauguração da Horta Urbana está marcada para as 18h00 de hoje, no Largo D. Afonso III, altura em que Macário Correia recebe os futuros utilizadores do espaço para a assinatura dos acordos de utilização para os talhões de terreno atribuídos.

Dos oito talhões de terreno disponíveis para cultivo agrícola, cinco deles são destinados a famílias e três vão para instituições particulares de solidariedade social de Faro.

Há ainda um nono talhão pedagógico pertencente ao Município de Faro para dinamizar acções de sensibilização, workshops e visitas ao local, para promover a produção de alimentos de forma saudável e biológica, permitindo aos utilizadores acompanhar o processo de plantação, crescimento e recolha dos produtos agrícolas.