Rússia prepara reforço militar nas disputadas ilhas Curilas

Foto
As quatro ilhas foram anexadas pela União Soviética em Agosto de 1945 Yuri Maltsev/Reuters

Descrevendo o arquipélago como “estratégico”, Medvedev asseverou – numa reunião com os ministros da Defesa e do Desenvolvimento Regional – que será mobilizado armamento “suficiente e moderno” para garantir a segurança das ilhas como “parte inseparável do território da Federação Russa”.

“Vamos pôr em marcha os esforços necessários para reforçar a nossa presença estratégica nas ilhas do arquipélago das Curilas, sem deixar de desenvolver boas relações com os nossos vizinhos”, prosseguiu o chefe de Estado.

As Curilas do Sul (como as designam os russos, ou Territórios do Norte, para os japoneses) constituem o cerne do maior desentendimento diplomático entre os dois países, que foi agravado no final do ano passado quando Medvedev visitou uma das quatro ilhas do arquipélago – na primeira visita de um chefe de Estado russo ao território desde o fim da II Guerra Mundial.