Carlos Moreno, ex-juiz do Tribunal de Contas

Perfil

Carlos Moreno tem 70 anos, 44 dos quais a trabalhar no Estado, a maior parte deles como auditor público. Licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra, em 1964, foi o primeiro juiz português a integrar o Tribunal de Contas Europeu.

Nos últimos 15 anos assumiu as funções de juiz-conselheiro do Tribunal de Contas, onde entrou por concurso, e onde assumiu responsabilidades na área de auditoria. Assinou mais de cem relatórios de auditoria, analisou os grandes contratos de empreitadas de obras públicas e grandes eventos nacionais. Jubilou-se este ano. É casado e tem seis filhos.