Futebol

FC Porto poderá ser obrigado a reduzir despesas na próxima época

O FC Porto corre o risco de ficar fora da Champions pela primeira vez desde 2002-03
Foto
O FC Porto corre o risco de ficar fora da Champions pela primeira vez desde 2002-03 Foto: Reuters

O FC Porto poderá ser obrigado a reduzir as suas despesas na próxima temporada, depois da eliminação da Liga dos Campeões de futebol e do provável terceiro lugar na Liga portuguesa, que deixará o clube afastado dos milhões europeus.

Antes da "humilhação" sofrida em Londres, frente ao Arsenal (5-0), na segunda mão dos oitavos-de-final da "Champions", o FC Porto arrecadou 18,7 milhões de euros na prova europeia.

A este valor acrescenta-se cerca de três milhões de euros provenientes das receitas de bilheteiras dos quatro encontros em casa, com Chelsea, APOEL Nicósia, Atlético de Madrid e Arsenal.

Os cerca de 21,7 milhões de euros ganhos pelo FC Porto na liga "milionária" representam um quarto do orçamento dos "azuis-e-brancos" para a presente temporada, que ultrapassa 80 milhões de euros.

Nos últimos três exercícios, o FC Porto teve sempre resultados positivos, tendo tido um somatório de 15,4 milhões de euros.

No exercício que terminou a 30 de Junho de 2009, os "dragões" tiveram um resultado positivo de 5,1 milhões de euros, tendo no anterior tido o melhor resultado dos últimos três anos (8,0), depois de ter tido um resultado positivo por 2,3.

No primeiro semestre do actual exercício, a SAD do FC Porto apresentou um resultado positivo de 19,6 milhões de euros, valor que deverá descer no segundo semestre.

Os lucros dos últimos anos dão uma almofada de segurança à SAD, o que não deve impedir, no entanto, uma redução substancial no orçamento da próxima época.

Com oito jornadas por disputar na Liga portuguesa, o FC Porto ocupa a terceira posição, a 11 pontos do líder Benfica e a oito do Sporting de Braga, que ocupa a segunda posição, último de acesso à Liga dos Campeões.

Caso não consiga recuperar deste atraso, o FC Porto ficará fora da Liga dos Campeões pela primeira vez desde 2002/03, ano em que venceu a Taça UEFA.

Terminando a Liga em terceiro lugar, o FC Porto apurar-se-á para a Liga Europa, que tem prémios monetários muito inferiores aos da Liga dos Campeões, o que deverá obrigar os "dragões" a reduzir a despesas.