Mobilidade em Lisboa

Dia Sem Carros: António Costa ganhou ao Porsche

O autarca quis demonstrar a eficácia dos transportes públicos na mobilidade da capital
Foto
O autarca quis demonstrar a eficácia dos transportes públicos na mobilidade da capital Enric Vives-Rubio

António Costa, candidato à presidência da Câmara de Lisboa, ganhou a corrida contra um Porsche, viajando de Metro entre o Campo Grande e o Rossio. Mas quem chegou primeiro foi uma bicicleta.

O autarca pretendeu demonstrar a eficácia dos transportes públicos na mobilidade da capital ao mesmo tempo que revisitou a corrida entre um burro e um Ferrari, que deu visibilidade à sua reivindicação de o Metro chegar ao concelho de Loures, quando, em 1993, se candidatou àquela autarquia.

Desta vez, a disputa travou-se no Dia Europeu sem Carros entre outro automóvel de alta cilindrada, um Porsche, conduzido pelo piloto Pedro Couceiro, que integrará a comissão de honra da candidatura “Unir Lisboa”, o Metro, um táxi e duas bicicletas. Na acção de hoje de pré-campanha eleitoral participaram também Helena Roseta, Manuel Salgado e José Sá Fernandes.

Sugerir correcção