Militante histórico apoiante de Passos Coelho

Ângelo Correia acusa Ferreira Leite de abandonar o PSD

Ângelo Correia disse que vai sentir o pulsar do partido no Pontal
Foto
Ângelo Correia disse que vai sentir o pulsar do partido no Pontal Adriano Miranda (arquivo)

Ângelo Correia, ex-presidente da Mesa do Congresso do PSD, aceitou ser o orador principal da Festa do Pontal (no Algarve), onde o partido fará a sua “rentrée” política, e acusa a actual líder de estar a criar um vazio e de abandonar o partido.

Este militante histórico disse ao “Diário de Notícias” que Ferreira Leite “tinha obrigação de unir o partido e não de o abandonar. Não devia olhar só para o terço de votantes que a elegeu, mas para o conjunto de todos os militantes.”

Após a recusa de Manuela Ferreira Leite, o líder da distrital do Algarve (Mendes Bota) convidou Ângelo Correia, antigo ministro da Administração Interna de Pinto Balsemão. “Aceitei com muita honra, porque senti a obrigação de não deixar o partido no vazio criado pela actual direcção”, justificou.

Ângelo Correia disse que vai sentir o pulsar do partido no Pontal e que pensará muito bem a mensagem que levará aos militantes.

Mendes Bota, apoiante de Santana Lopes nas directas de Maio, disse por seu lado que a ausência de Ferreira Leite da festa do Pontal “não representa nenhuma discriminação para a região”.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações