Pais receiam perder bébé

Clonaid diz que não haverá testes de DNA a alegado clone humano

A empresa que afirma ter criado o primeiro clone humano disse hoje que os pais do bébé não vão permitir a realização de testes de DNA a menos que recebam garantias de que a criança não lhes vai ser retirada.

A declaração da Clonaid, ligada à seita dos raelitas, surge numa altura de intenso cepticismo quanto ao sucesso do seu programa de clonagem.

Os cientistas exigiram testes de DNA de fontes independentes para provar se a criança é mesmo um clone da sua progenitora.

Mas os pais, cuja identidade e localização não é conhecida, querem “ter a total garantia de que a criança não lhes vai ser retirada”.