Em plenário realizado ontem

Trabalhadores da Molin sugerem novo liquidatário

Em plenário realizado ontem, os trabalhadores da Molin - Materiais de Desenho Mário Lino, Lda decidiram entregar rapidamente um requerimento no tribunal, para sugerir uma pessoa que substitua o liquidatário judicial da empresa, Luís Aroso (indiciado num processo de alegadas falências fraudulentas).

Depois de a comissão de credores ter feito uma reunião na passada segunda-feira, solicitando a substituição do liquidatário e sugerindo um novo nome para o cargo, os trabalhadores quiseram trazer também uma sugestão.

Segundo Santos Silva, do Sindicato dos Trabalhadores da Química, Farmacêutica, Petróleo e Gás do Norte (Sinorquifa), a proposta dos trabalhadores não foi considerada na reunião. "Queremos que o novo liquidatário seja uma pessoa da nossa inteira confiança", afirmou o sindicalista ao PÚBLICO.

Os trabalhadores vão tentar ainda marcar uma audiência com o ministro da Economia, com todos os partidos com assento parlamentar e pedir à comissão de credores garantia de que da massa falida vão ser retirados os valores necessários para satisfazer os seus créditos.

Um novo plenário ficou marcado para a primeira semana de Setembro. "Se não forem satisfeitos os nossos pedidos, vamos promover uma acção pública", disse Santos Silva.