• "O caso só está encerrado quando a central de Almaraz encerrar", alertou a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins.

  • Assinala-se neste sábado o 40.º aniversário da central de Almaraz e o Movimento Ibérico Antinuclear organizou uma manifestação em Madrid. As previsões apontam para a participação de 10 mil pessoas: 400 serão portuguesas.

  • Até agora, uma central nuclear espanhola tinha de pedir a renovação da licença de exploração três anos antes do fim da autorização em vigor.

  • Berta Cabral, do PSD, compreende que a questão é incómoda, mas diz que “um Governo não é para fazer o que fácil”.

  • O protesto foi convocado pelo Movimento Ibérico Antinuclear para o primeiro dia de trabalhos da cimeira luso-espanhola, mas que hoje se realiza a bordo de um barco no rio Douro.

  • O mais curioso é verificar que as universidades não vieram a terreiro apresentar a sua visão, seguramente informada, sobre a central nuclear espanhola.