• Analistas americanos acreditam que o que encontraram foi para despistar suspeitas sobre um teste nuclear ou que este foi posto em pausa.

  • Kim In-ryong, embaixador adjunto da Coreia do Norte na ONU, afirmou que a actual situação de tensão pode gerar "uma guerra termonuclear".

  • Há navios de guerra na península coreana armados com mísseis, um porta-aviões a caminho e bombardeiros preparados para agir. A NBC News noticia que a Administração Trump prepara um ataque preventivo, caso Kim Jong-un ordene um novo ensaio nuclear que pode ter lugar já este fim-de-semana.

  • Dada a complexidade da situação e a elevada imprevisibilidade de Trump, ninguém sabe o que vai fazer com a Coreia do Norte.

  • Imagens recolhidas através de satélite mostram que o regime norte-coreano poderá estar a preparar-se para o lançamento do sexto míssil nuclear.

  • Bastará, por agora, sensibilizar para a natureza muito complexa e pouco linear da questão norte-coreana, em que as estratégias ocidentais são, em minha opinião, erradas.

  • Unidade sofreu esta segunda-feira uma paragem não programada e a situação foi denunciada pelo Movimento Ibérico Antinuclear.