O Presidente americano diz que deseja um mundo sem armas nucleares. Não sendo possível, quer o seu país na linha da frente.

  • O Presidente americano diz que deseja um mundo sem armas nucleares. Não sendo possível, quer o seu país na linha da frente.

  • Associação ambientalista Zero aconselha Governo português a bater-se "com todos os meios diplomáticos ao dispor" contra prolongamento daquela central nuclear, localizada a cerca de 100 quilómetros da fronteira.

  • Em contrapartida, Espanha compromete-se a não tomar decisões "até que as autoridades portuguesas tenham analisado as informações pertinentes".

  • Os iranianos estão habituados a lidar com uma Casa Branca "hostil", diz o ministro dos Negócios Estrangeiros. Obama não era "bonzinho", diz; só “chegou a um acordo nuclear com o Irão por não ter alternativa”.

  • Unanimidade na aprovação da criminalização do uso de informação enganosa na captação de investimento bancário.

  • PEV queria que o Parlamento recomendasse ao Governo que deixasse de importar energia produzida a partir de fonte nuclear.

O Público faz anos e o presente é para si! Saiba mais