Não é só meteoros: eis as melhores fotografias da Via Láctea

Já são conhecidos os vencedores da 7.ª edição dos Milky Way Photographer of The Year — e trazem-nos imagens da Jordânia à Patagónia.

Starlight Therapy, Nova Zelândia KAVAN CHAY
Fotogaleria
Starlight Therapy, Nova Zelândia KAVAN CHAY

Dos desertos da Jordânia às paisagens da Patagónia, as fotografias mostram a beleza da nossa galáxia a partir de vários pontos do mundo. Foram tiradas durante a noite, com o céu repleto de estrelas, nuvens de gases, poeiras e nebulosas de várias cores pincelavam a paisagem de laranja, azul, vermelho, verde ou amarelo.

As 25 imagens desta fotogaleria são as vencedoras da 7.ª edição do prémio Milky Way Photographer of the Year (Fotógrafo da Via Láctea do Ano, em tradução livre) e, destaca o concurso em comunicado enviado ao P3, incluem algumas tiradas em lugares onde a Via Láctea não tinha ainda sido fotografada.

The Kingdom of Perun (O Reino de Perun), do búlgaro Tervel Kutsev, é um desses exemplos. A fotografia aconteceu na Montanha Pirin e o título faz uma referência a Perun, deus do raio e da tempestade do paganismo eslavo. A abraçar os picos rochosos que, aos olhos do fotógrafo, representam o trono deste deus, está o arco de estrelas e gases.

A câmara de Tom Rae captou um efeito diferente na Nova Zelândia. Desta vez, a Via Láctea emerge do Monte Cook/Aoraki, o mais alto do país, numa noite de Inverno, lê-se no site do concurso. O resultado, que o fotógrafo apelidou de de Lightning Lake (Lago do Relâmpago), mostra uma nebulosa que parece descer em direcção à água.

“Numa noite de condições climatéricas alpinas raras, embarquei numa viagem pelo vale glacial. Ao chegar ao lago, a cena que se desenrolou fez-me sentir como se tivesse pousado noutro planeta. A imagem incorpora a dedicação, as noites sem dormir e a realização da minha visão. Mostra icebergues no lago glacial azul, o brilho vermelho que pinta o céu e o brilho de milhares de milhões de estrelas na Via Láctea — um vislumbre da vastidão do além”, escreveu na legenda.

Este ano, os Milky Way Photographer of the Year contaram com a participação de 25 fotógrafos de 19 nacionalidades. As imagens foram captadas em montanhas, vulcões, lagos e pedaços de terra nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Chile, Argentina, França, Suíça, Espanha, Itália, Bulgária, Eslovénia, Egipto, Iémen, Omã e Jordânia.

The Kingdom of Perun, Bulgária
The Kingdom of Perun, Bulgária TERVEL KUTSEV