Serra da Estrela: Romaria das Ovelhas volta a celebrar a tradição da transumância

No concelho de Gouveia, a Romaria das Ovelhas em Arcozelo da Serra, dá início à celebração da transumância. Os pastores e os seus rebanhos cumprem uma tradição ancestral.

Foto
Gouveia integra a rede cultural Terras da Transumância PAULO RICCA
Ouça este artigo
00:00
01:51

O concelho de Gouveia, no distrito da Guarda, inicia na freguesia de Arcozelo da Serra a celebração da tradição da transumância, com a realização da Romaria das Ovelhas no dia 9 de Junho.

Nesse dia, os pastores da aldeia vão enfeitar os seus rebanhos e levam-nos a circular a Capela de Santo António para agradecer e pedir ao santo um bom e próspero ano agrícola, descreve a Câmara Municipal de Gouveia numa informação enviada à agência Lusa.

A Romaria das Ovelhas é um dos momentos altos da programação da Festa de Santo António de Arcozelo da Serra e celebra a tradição ancestral que é a transumância, uma prática única da pastorícia em Portugal.

Para além da Romaria das Ovelhas, o programa da festa inclui a "Rota do Mandarteiro", uma caminhada orientada de cerca de cinco quilómetros focada nas particularidades ambientais e culturais da freguesia.

"Será possível conhecer um sítio arqueológico da época romana, inédito, identificado em 2021 no âmbito de um levantamento arqueológico do município de Gouveia, que aumenta a oferta cultural da freguesia de Arcozelo da Serra e que reforça o estatuto relevante do conhecimento das realidades arqueológicas do passado neste território", salienta a autarquia.

A actividade inclui uma "Degustação de Sabores Serranos".

A participação é gratuita, mas limitada a 50 pessoas, devendo as inscrições ser feitas até 5 de Junho no site da Câmara Municipal ou no Posto de Turismo.

A Romaria das Ovelhas é uma iniciativa da Filarmónica Amizade de Arcozelo da Serra em parceria com a Câmara de Gouveia e a Junta de Freguesia local.

A iniciativa está incluída na rede cultural Terras da Transumância - que também envolve os municípios do Fundão (distrito de Castelo Branco), Castro Daire (Viseu), Seia (Guarda) e a Agência de Desenvolvimento Gardunha 21.

É um projecto que visa celebrar a cultura em torno desta tradição ancestral, afirmando os territórios enquanto destinos turísticos culturais de excelência e que preservam a memória dos seus costumes.

Sugerir correcção
Comentar