Nuri Bilge Ceylan: “A certeza de ter razão é uma forma demasiado fácil de estar na vida”

Com As Ervas Secas, Nuri Bilge Ceylan regressa à sua melhor forma, continuando a variar sobre o seu tema preferido: a distância não apenas geográfica entre as grandes cidades e a ruralidade turca.

Foto
Nuri Bilge Ceylan, realizador de As Ervas Secas, é o principal rosto internacional do cinema turco ebru ceylan

Nuri Bilge Ceylan tem sido, nas últimas décadas, o principal rosto internacional do cinema turco. As Ervas Secas (leia a crítica), que é o seu melhor filme desde Era uma Vez na Anatólia, trabalha elementos que nos habituámos a tomar por característicos de Ceylan: a Turquia rural (e oriental) pelos olhos angustiados de um professor citadino, um mal-estar existencial que ensopa a relação das personagens com os lugares, o frio meteorológico, o culto do plano longo.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Comentar