Fernando Pessoa será a segunda universidade privada com curso de Medicina

Mestrado integrado de seis anos funcionará em ligação com hospital que a instituição tem em Gondomar. A outra proposta privada, também no Grande Porto, foi chumbada.

Foto
A Universidade Católica foi autorizada a abrir a primeira formação de médicos de uma instituição privada de ensino superior há dois anos e meio

A Universidade Fernando Pessoa foi autorizada a abrir um novo curso de Medicina, que vai funcionar entre o Porto, onde a instituição tem sede, e Gondomar, concelho onde é proprietária de uma unidade de saúde que já designa por Hospital-Escola. A decisão da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) é válida por um ano, renovável por outros três, como é habitual sempre que abre um novo curso.

Sugerir correcção
Ler 34 comentários