“O primeiro-ministro e os tories já não possuem mandato, não só governativo e partidário, mas também ideológico”

Bruno Santos Fonseca, investigador do IPRI e especialista em política britânica, assume que Partido Conservador britânico se encontra num “cenário típico de fim ciclo político”.

Foto
Rishi Sunak, primeiro-ministro do Reino Unido Reuters/POOL

Em declarações ao PÚBLICO, o investigador do Instituto Português de Relações Internacionais (IPRI-NOVA) e especialista em política britânica Bruno Santos Fonseca considera que o Partido Conservador “não conseguiu cumprir as promessas para o destino do Reino Unido num contexto do ‘Brexit’” e diz que o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, tem de “mudar drasticamente” de rumo para evitar uma derrota para o Partido Trabalhista em 2024.

Sugerir correcção
Comentar