No discurso do Nobel, Annie Ernaux vingou a sua gente

A escritora francesa agradeceu esta tarde a distinção que lhe foi entregue recordando a missão que se atribuiu a si própria: “reparar a injustiça social ligada à classe atribuída pelo nascimento”.

Foto
Annie Ernaux vê no Nobel que recebeu "um sinal de esperança para todas as mulheres escritoras" Fredrik Persson/EPA

Por onde começar? Como encontrar a frase certa perante a Academia do Nobel, como antes, dúzias de vezes, perante a página em branco de entrada para um livro? Como encontrar a frase certa que afaste qualquer dúvida, que garanta a liberdade e a firmeza de falar perante a entidade que lhe atribuiu a maior distinção mundial na literatura e que a convidou para um final de tarde, o desta quarta-feira, a falar sobre a sua obra?

Sugerir correcção
Ler 11 comentários