No Porto/Post/Doc, mães ausentes e filhas presentes (e uma rainha dos piratas)

Três filmes sobre famílias, escolhidas, impostas, desejadas, no festival portuense: Daughters, A House Made of Splinters e The Cry of Granuaile.

cultura,familia,portopostdoc,feminismo,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
"Daughters", de Jenifer Malmqvist: estudo do luto e da dor de três filhas de uma mãe bipolar cortesia porto/post/doc
cultura,familia,portopostdoc,feminismo,cinema,culturaipsilon,
Fotogaleria
Malmqvist filmou Maja, Hedvig e Sofia com uma década de intervalo cortesia porto/post/doc

Com o festival a entrar na sua recta final, a programação do Porto/Post/Doc continua a acolher filmes para ficarem a remoer – como estes três que trabalham a ideia de família como algo de feminino, a mãe como chave de tudo e os pais ausentes por opção ou acaso.

Sugerir correcção
Comentar